quarta-feira, 25 de julho de 2018

"Cheguei à aterradora conclusão de que eu sou o elemento decisivo. É meu enfoque pessoal tirar o que cria o clima. É meu humor diário tirar o que determina o estado do tempo.
Tenho um grande poder para fazer com que minha vida seja triste ou alegre. Eu posso ser uma ferramenta de tortura ou um instrumento de inspiração, posso humilhar ou estimular, posso ferir ou curar. Em todas as situações, é minha resposta frente ao ocorrido que decide se uma crise vai ser exacerbar ou se mitigar, se uma pessoa será desumanizada ou humanizada. Se tratarmos às pessoas como deveriam ser, vamos ajudá-las a ser capazes de se converter no que podem ser."
Goethe (1749 -1832)

Fonte da imagem: Wikipedia.

Johann Wolfgang von Goethe foi uma das mais importantes figuras da literatura alemã e do Romantismo europeu.

De sua vasta produção fazem parte: romances, peças de teatro, poemas, escritos autobiográficos, reflexões teóricas nas áreas de arte, literatura e ciências naturais. Além disso, sua correspondência epistolar com pensadores e personalidades da época é grande fonte de pesquisa e análise de seu pensamento.

Escreveu o romance Os Sofrimentos do Jovem Werther e  sua obra prima, é o drama trágico Fausto, publicado em fragmento em 1790, depois em primeira parte definitiva em 1808 e, por fim, numa segunda parte, em 1832, ano de sua morte, tomando-lhe, portanto, a vida inteira. Goethe é até hoje considerado o mais importante escritor alemão, cuja obra influenciou a literatura de todo o mundo. 

6 comentários:

  1. Também gosto muito da escolha!
    bj e gosto da leitura

    ResponderExcluir
  2. Também gosto muito da escolha!
    bj e gosto da leitura

    ResponderExcluir
  3. Olá Érika
    Uma excelente partilha que me encheu de prazer
    Grande beijo querida

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga! Uma bela postagem! A amizade se resume em partilha, grandes verdades em sua mensagem. Abraços, seja muito feliz.

    ResponderExcluir
  5. E nós somos mesmo... o poder e a força... para conseguirmos chegar aonde nos propusermos... basta querermos!
    Um autor, que aprecio imenso... já tendo algumas das suas citações, lá pelo meu canto, em várias ocasiões...
    Adorei o post... e o novo visual do blog! :-)
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço seu comentário!