sábado, 28 de julho de 2018

Amizade

A amizade nada mais é uma unanimidade em todas as coisas, divinas e humanas, combinação de afeição e benevolência: eu me pergunto se não seria, com exceção da sabedoria, o que o homem recebeu de melhor dos deuses imortais. Alguns gostam mais das riquezas, outros da saúde, outros ainda do poder, há os que gostam das honras, e muitas pessoas preferem os prazeres a ela. Esta última escolha é a dos brutos, porém as escolhas precedentes são precárias e incertas, repousam menos em nossas resoluções do que nas fantasias da fortuna. Quanto àqueles que põem na virtude o soberano bem, a sia escolha é certamente luminosa, pois é essa mesma virtude que faz nascer a amizade e a mantém, e sem virtude não há amizade possível!
Marco Túlio Cícero, advogado, político, escritor, orador e filósofo da gens Túlia da República Romana.


Trecho do livro "Amizade - Amigos e inimigos como identificá-los" trechos das obras de Platão, Cícero e Plutarco. Editora Madras, 2017

5 comentários:

  1. Tal como o poeta diz ... "os amigos são aqueles que vão ficando na nossa vida"!!!bj

    ResponderExcluir
  2. Amizade - joia rara a ser cultivada com muita ternura.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. A Amizade é das coisas mais importantes. Amei o texto!

    Beijo. Bom fim de semana

    ResponderExcluir
  4. A amizade é dos bens mais preciosos, que se pode ter... cada uma das nossas verdadeiras amizades, é como uma alma gémea, que o destino se encarregou de descobrir, e colocar nosso caminho...
    Adorei o texto! Deixo um beijinho, e um até breve... visto que estarei ausente, durante algumas semanas, para férias!
    Tudo de bom!
    Ana

    ResponderExcluir
  5. Um excelente texto, Érika. Os amigos são imprescindíveis na nossa vida. É preciso preservá-los…
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Agradeço seu comentário!