Selecione o idioma para traduzir os textos do blog.

sábado, 7 de abril de 2018

SEMPRE SEI...




Sempre sei...
Guimarães Rosa

Sempre sei, realmente. Só o que eu quis, todo o tempo, o que eu pelejei para achar, era uma coisa só - a inteira - cujo significado e vislumbrado dela eu vejo que sempre tive. A que era: que existe uma receita, a norma dum caminho certo, estreito, de cada uma pessoa viver - e essa pauta cada um tem - mas a gente mesmo, no comum, não sabe encontrar; como é que, sozinho, por si, alguém ia poder encontrar e saber?

Imagem: Karol Bak

11 comentários:

  1. Grande Guimarães Rosa... Cada trecho de sua obra é um ponto de reflexão. Abraços. Bom domingo.

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga!
    Passo no teu cantinho para desejar uma boa noite, sonhos lindos e um doce despertar. Que o domingo seja abençoado e que a semana vindoura seja repleta de felicidade.
    Que não percamos a esperança de dias melhores.
    Abraços com carinho e amizade,
    tua amiga Lourdes Duarte.

    ResponderExcluir
  3. Sempre um gosto enorme ler Guimarães Rosa.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Buscar sempre encontrar, não desistir...Geralmente está muito mais próximo do que imaginamos.
    Tenha uma linda semana.
    Élys.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Érika. Acho que algumas coisas não são feitas para que as encontremos mesmo...

    ResponderExcluir

  6. Érika, boa tarde!

    Há quanto tempo eu não lia nada de Guimarães Rosa.

    Hoje...aqui estou.

    obrigado pela partilha.

    Bom fim de semana.
    Tulipa

    ResponderExcluir
  7. Sempre uma maravilha, descobrir um pouco mais, da obra deste grande autor!...
    Belíssima partilha, Érika! Beijinhos! Feliz domingo!
    Ana

    ResponderExcluir
  8. Excelente reflexão de Guimarães Rosa!
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Agradeço seu comentário!