quinta-feira, 25 de julho de 2013

Na feira livre...


Os frutos da terra saem fartos, vistosos e generosamente se oferecem para manter o ciclo da vida. Mas, na feira livre, essa natureza toda ganha ainda o burburinho das gentes - quem está ali vai cuidar de si, do outro e está à procura do bom alimento, o atestado de um ser saudável. 
E passa pra lá e pra cá, pede, pesa, escolhe, troca, pega de novo... E vem o sorriso do feirante, sempre gentil, educado: "Pode experimentar... Quer um pedacinho... Aqui moça bonita não paga..." Pratica-se o comércio numa ancestralidade elevada, troca não só de produto e moeda mas também do espírito humano, que precisa se relacionar para encontrar a plenitude. 


Segundo a Wikipédia: “Uma feira é um evento em um local público em que as pessoas, em dias e épocas predeterminados, expõem e vendem mercadorias.’’.

Segundo o dicionário Michaelis  ‘‘Lugar público e descoberto em que, em dias e épocas fixas, se expõem e vendem mercadorias. 2- Designação complementar dos cinco dias mediais da semana. 3- O mesmo que feira de amostras. 4- Compras feitas no mercado. 5- Confusão, balbúrdia, falatório. Feira de amostras: exposição de produtos industriais, com diversões variadas para os visitantes. Feira de livros: aquela em que se vendem exclusivamente livros. Feira livre: a que goza de quase total isenção de impostos. Fazer a feira: fazer compras na feira livre.’’


Fonte: Dicionário Michaelis/Wikpédia/Revista Boms Fluidos
Foto:Getty Images

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!