sexta-feira, 9 de março de 2018

Não sou cristão, nem judeu,
Nem mago, nem muçulmano.
Não sou do Oriente, nem no Ocidente,
Nem da terra, nem do mar.
Não sou corpo, não sou alma.
A alma do Amado possui o que é meu.
Deixei de lado a dualidade,
Vejo os mundos num só.


Rumi

Somos cidadãos mundiais. Somos todos iguais aos olhos de Deus. Devemos respeitar opiniões políticas, culturas e religiões diferentes.

Vamos levar mais doçura e respeito na nossa vida, para podermos confraternizar com nosssos irmãos. Preconceito mata. Mata pessoas, mata almas, mata sonhos.


Com doçura, leveza e respeito, 
Erika.


Imagem: From Series;”Sufi Path”
Silence of A Sufi-Original
by MODalineARTisTree

4 comentários:

  1. Como estamos nos degladiando cada vez mais não é mesmo? ótima sua escolha para refletirmos, Érika! Obrigada!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Um post que adorei, e subscrevo, inteiramente!...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!