segunda-feira, 19 de março de 2018

INEFÁVEL

INEFÁVEL 
Cruz e Sousa

Nada há que me domine e que me vença 
Quando a minha alma mudamente acorda... 
Ela rebenta em flor, ela transborda 
Nos alvoroços da emoção imensa. 
Sou como um Réu de celestial sentença, 
Condenado do Amor, que se recorda 
Do Amor e sempre no Silêncio borda 
De estrelas todo o céu em que erra e pensa.

Imagem: Ahmad Kadi


9 comentários:

  1. Muito bom!! :)

    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderExcluir
  2. Amiga, embora não tenha sido oficialmente legalizado, o dia 20 de março, desde 2004 que comemora-se como sendo o dia do Blogueiro ou da blogueira.
    Como gosto de comemorar dadas em especial aquelas que acho bem merecidas, hoje, vim aqui parabenizar você por ser essa profissional da blogsfera competente, criativa e que com muita responsabilidade mantem o seu blog.
    Parabéns por ser essa blogueira maravilhosa que nos encanta com suas postagens.
    Abraços da amiga Lourdes.

    Tem postagem e tem selinhos comemorativos nos meus blogs.

    ResponderExcluir
  3. Gostei do poema de Cruz e Sousa, poeta que não conheço.
    Uma boa semana.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  4. Bela escolha. Belo poema! Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Um poema lindíssimo, que de facto, parece conter o espírito de uma irreprimível Primavera...
    Adorei! Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!