segunda-feira, 30 de maio de 2016

O homem não nasce livre, mas é livre para se libertar.
Ecole Gnostique de la Rose-Croix d'Or


sábado, 28 de maio de 2016

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Seminário da Prainha

O Seminário da Prainha situa-se na confluência das avenidas D. Manuel e Monsenhor Tabosa, junto à Praça do Cristo Redentor, próximo ao Centro da Cidade, no antigo bairro Outeiro da Prainha. O prédio é contíguo à Igreja de N. Sra. Da Conceição da Prainha e os dois edifícios compõem um conjunto arquitetônico de interesse histórico e artístico na cidade.

Seminário da Prainha

O terreno onde se localiza o conjunto situa-se em cota elevada, próximo ao mar, de onde anteriormente, descortinavam-se visuais panorâmicas do litoral fortalezense.

Data de tombamento: Decreto nº 29.487, de 14 de outubro de 2008.

segunda-feira, 23 de maio de 2016

A percepção do desconhecido é a mais fascinante das experiências. O homem que não tem os olhos abertos para o misterioso, passará pela vida sem ver nada.
Albert Einstein



domingo, 22 de maio de 2016

Bairro Jóquei Clube

O bairro Jóquei Clube é um sexagenário que ainda está em fase crescimento. A região passa por um verdadeiro boom imobiliário, devido a construção de grandes empreendimentos, como hospital, shopping e edifícios residenciais.
Situação bem diferente da vivenciada na infância por Wagner Fraga, 45, diretor da escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. “Aqui era só areia e barro. Hoje, temos uma evolução boa, com uma infraestrutura forte. O que falta mesmo é só a rede bancária”, comenta.



No último dia 5 de outubro, o Jóquei Clube completou 63 anos de criação. O embrião do bairro foi o hipódromo Jockey Club Cearense. Aos poucos, ele foi atraindo moradores para a região.

O primeiro imóvel foi construído onde hoje localiza-se o parque “Ecopoint”. Porém, antes o local era chamado de sítio Gluck-auf e foi adquirido pelo alemão Franz Wirtzbiki, em 1932, segundo informações do site do parque.

Uma das características mais marcantes do bairro é o clima de amizade entre as pessoas. Ao cair da noite, ao invés de se trancafiarem em casa, os adultos botam a cadeira na calçada, os coopistas lotam o canteiro central da avenida Lineu Machado, um grupo bate-papo no barzinho e as crianças brincam nas ruas ou pracinhas.

O desafio, agora, é crescer sem abandonar as raízes. “Esse é um povo bairrista, moleque e, aqui, todo mundo se conhece. Com o aumento do valor imobiliário, muitas pessoas começaram a vender as casas porque não podiam mais se manter no bairro. O lado ruim, também, é que o trânsito e os assaltos devem aumentar”, avalia Ednaldo Duarte, 41, mais conhecido como Dady.

Ele faz questão de ressaltar os momentos de integração da comunidade, como a realização, há 23 anos, da festa junina nas ruas do bairro. Além disso, Dady também organiza a festa do Dia das Crianças e uma homenagem aos idosos no Natal. 

O sapateiro João Bosco, 69, é um dos maiores contadores de histórias do bairro. Morador do bairro desde 1964, ele relembra que o hipódromo Jockey Club era um local movimentado no início da década de 90. Segundo ele, o famoso palhaço Tiririca montou o primeiro circo na rua onde mora. “Isso foi na década de 80. Depois ele cresceu e hoje é deputado”, diz.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Sonhei, confuso, e o sono foi disperso,
Mas, quando despertei da confusão,
Vi que esta vida aqui e este universo
Não são mais claros do que os sonhos são.
Fernando Pessoa


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Bairro Conjunto Ceará

Construído para que as famílias pudessem morar “muito melhor”, como convidava um anúncio no O POVO de 1977 - ano de inauguração do que hoje é bairro, o Conjunto Ceará cresceu, mas não deixou de lado seu espírito de conjunto - no melhor sentido que a expressão pode ter. Por ali há serviços que dispensam viagens ao distante Centro da cidade, há convivência nas calçadas, há comunidades.
Mas, talvez pela lonjura da região mais visada de Fortaleza, os moradores reclamem de certo descuido do poder público com a região - especialmente quando o assunto é segurança pública. “O clima por aqui não tá muito bom não por causa da questão da segurança. Na minha rua, à tarde, o pessoal não sai nem pra fazer compra com medo”, lamenta a professora Antônia Pereira de Sales, de 60 anos. Antônia mora na terceira etapa do bairro desde 1979. “Fui assaltada em frente à delegacia”, comentou a gerente financeira Cecília Matias, 19.

Apesar dos percalços e da insegurança “que tem em toda etapa”, a professora aposentada Vilani Vasconcelos, 59, diz que os avanços não afastaram as pessoas do convívio. “Aqui o clima é maravilhoso. Continua quase todo mundo na rua, no campo tem atividades, torneio”, conta, mostrando o campo de futebol na frente de casa. Moradora do Conjunto Ceará há 30 anos, Vilani lembra que foram muitas as transformações do bairro. “Era bem mais precário. Tinha dificuldade de ônibus, poucas farmácias. Mas antes a gente ia dormir às 2h da manhã. Agora dá 11h (da noite) e tem que entrar”, diz.

Moradora da segunda etapa, a dona de casa Branca da Costa Leite, 67, também se recorda dos percalços vividos pelos primeiros moradores. “Era um deserto, sem conforto. A gente sofreu muito no início”. O tempo passou e dona Branca avalia que as promessas nos tempos da construção do conjunto ainda não foram totalmente cumpridas. “Não tá bom ainda. Tem muito a crescer. E tá demorando, viu”. Mesmo assim, a tranquilidade é apontada como ponto muito positivo do Conjunto Ceará.

O radialista comunitário Valdeci Martins, 54, morador do bairro há 33 anos, lamenta a infraestrutura atual e define o Conjunto Ceará: “somos uma cidade dentro da cidade”.



domingo, 15 de maio de 2016

Tic-tac

Esse tic-tac dos relógios
é a máquina de costura do Tempo
a fabricar mortalhas.

Mario Quintana


sexta-feira, 13 de maio de 2016

O Valor do Entusiasmo


Qualquer trabalho realizado com o espírito correto, traz a vitória sobre você mesmo. (...) O que conta é a atitude com que você trabalha. A preguiça mental e o trabalho de má vontade estragam o indivíduo. Frequentemente as pessoas me perguntam: “Como é que o senhor consegue fazer tantas coisas?” É porque faço tudo com o maior prazer e com o espírito de servir. Interiormente, estou com Deus o tempo todo. E, embora dormindo muito pouco, sempre me sinto bem porque cumpro meus deveres com a atitude correta: é um privilégio servir. 

v v v 

A falta de disposição mental para o trabalho vem acompanhada de apatia e falta de energia. Entusiasmo e boa vontade vão de mãos dadas com novos suprimentos de energia. Baseados nesses fatos, podemos entender a sutil relação existente entre vontade e energia. Quanto maior a vontade, mais inesgotável é a energia. 

v v v 

Se o seu trabalho na vida é humilde, não fique pedindo desculpas por isso. Orgulhe-se, pois está cumprindo o dever que lhe foi designado pelo Pai. Ele precisa de você no lugar específico em que você está. As pessoas não podem todas desempenhar o mesmo papel. Enquanto trabalhar para agradar a Deus, todas as forças cósmicas virão harmoniosamente em seu auxílio. 

v v v 

Aos olhos de Deus nada é grande ou pequeno. Se não fosse pela Sua exatidão ao construir o pe-quenino átomo, poderiam os céus ostentar as or--gu-l-hosas estruturas de Vega ou Arcturo? Diferenças entre “importante” e “sem importância” são, com certeza, desconhecidas ao Senhor; senão, pela falta de um alfinete, o cosmos desabaria! 

v v v 

Procure fazer as pequenas coisas de maneira extraordinária. 

v v v 

Você deve progredir. Procure ser o melhor em sua profissão. Expresse o poder ilimitado da alma em tudo que fizer. (...) Você precisa permanentemente originar e produzir novos êxitos e não tornar-se um autômato. Todo trabalho purifica se executado com a motivação correta. 

v v v 

Devemos tratar do nosso próximo problema ou do nosso próximo dever com energia concentrada, e executá-lo com perfeição. Essa deveria ser nossa filosofia de vida. 

v v v 

Por meio da perseverança – cultivando a originalidade criativa e desenvolvendo seus talentos através do ilimitado poder de Deus, proveniente da comunhão diária com Ele na meditação profunda; por meio do uso de métodos comerciais honestos, da lealdade ao seu empregador – pensando nos negócios dele como se fossem seus; e ao cultivar uma sintonia intuitiva com o seu superior imediato ou com o proprietário da empresa, e com o seu Empregador Cósmico – Deus – você será infalivelmente capaz de agradar seu empregador no trabalho e seu Empregador Divino. 

v v v 

É fácil ficar à toa, desesperançado e, desse mo-do, desistir de empenhar-se pelo êxito financeiro na vida. É fácil ganhar dinheiro desonestamente quando aparece uma oportunidade. Mas é errado procurar desculpa para não fazer um esforço no sentido de ganhar a vida honradamente. (...) Excepcional é o homem que ganha dinheiro em abundância, de maneira altruísta, honesta e rápida, apenas para Deus e para Seu trabalho, e para fazer os outros felizes. Uma atividade desse tipo desenvolve numerosas qualidades superiores de caráter que ajudam a pessoa tanto no seu caminho espiritual como na vida material. Ganhar dinheiro, honesta e prodigamente, para servir o trabalho de Deus, é a segunda arte suprema, sucedendo apenas à arte de perceber Deus. Responsabilidade, conhecimento organizacional, ordem, liderança e utilidade prática são desenvolvidos no processo de geração do êxito nos negócios, e são qualidades necessárias ao crescimento integral do homem.


quinta-feira, 12 de maio de 2016

Ninguém é seu amigo ou seu inimigo, todos são igualmente seus instrutores.
 Helena P. Blavatsky


quarta-feira, 11 de maio de 2016

Até você se tornar consciente, o inconsciente irá dirigir sua vida e você vai chamá-lo de destino. 

 Carl Gustav Jung 





terça-feira, 10 de maio de 2016

Bairro Passaré

Passaré: o bairro com "cheiro" de verde e brisa no meio da tarde



O frescor da brisa no meio da tarde é um alento para a quentura cada vez mais insuportável de Fortaleza. O “cheiro” de verde toma conta das ruas mais próximas. Os privilegiados pela natureza são os moradores do Conjunto Sumaré, localizado no bairro Passaré. Eles contam com uma grande área verde, próximo à praça do bairro, que margeia o trecho do rio Cocó que passa pela região.

Além disso, a existência do Horto Municipal Falconete Fialho e do Zoológico Sargento Prata também contribui para a qualidade de vida e climática do Passaré. Segundo dados da Secretaria Municipal do Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), dos 7,16 km² do bairro, 2,81 km² são compostos de áreas verdes (39%).

O contato estreito com o meio ambiente está no embrião do bairro, que nasceu do antigo Sítio Passaré, pertencente ao ex-prefeito de Fortaleza e historiador Raimundo Girão. Em 1965, O POVO noticiava a desapropriação de parte das terras para a construção do Horto Florestal. Em 1978, foi a vez da transferência do Zoológico Municipal para o horto. Antes, ele era localizado no Parque da Liberdade (Cidade da Criança), no Centro.

Os primeiros moradores lembram que poucas residências existiam no Passaré há algumas décadas. “Só tinham três famílias quando a gente chegou. Não existia banco nem supermercado. A gente precisava trazer tudo no Centro. Até o pão do café da manhã”, relembra a funcionária pública Janeide do Nascimento, 55.

Situação bem diferente dos dias atuais. O bairro passa por um “boom” imobiliário. Por onde se olha, há casas ou apartamentos sendo construídos. Serviços e infraestrutura também melhoraram, comentam os moradores. Para o ambulante Francisco Martins, 65, a localização privilegiada é a justificativa para o crescimento da região. Devido à grande extensão territorial, o Passaré é dividido em conjuntos, como: Sumaré, Residencial Passaré, Jardim União, Jardim Castelão, Barroso II, Novo Barroso e os loteamentos Santiago de Compostella e Novo Passaré.

Mesmo com o crescimento, os moradores não abrem mão dos espaços verdes. “A gente preserva essa área verde aqui (nas margens do rio Cocó) porque já tentaram invadir muitas vezes”, afirma o comerciante Antônio Alberto Uchoa Monteiro, 64, que integra o Conselho Comunitário do Conjunto Sumaré.

Na praça do conjunto (ainda não batizada), muitas pessoas aproveitam o espaço livre para fazer atividades físicas, como caminhadas, jogos de futebol e passeios de bicicleta.

A praça foi construída pelo cunhado de dona Janeide, o militar Lourival Soares de Aquino, já falecido. Segundo ela, primeiro foi construída uma capela no local, em 1983. Antes, não havia local adequado para celebração de missas. “Ele (Lourival) fez uma proposta a mamãe. Pediu que ela assumisse as despesas da casa porque ele ia usar todo o dinheiro dele para construção da capela”, relembra Janeide.

Em seguida, Lourival passou a plantar árvores nos arredores da capela, com o intuito de que, futuramente, o local fosse transformado numa praça. Foi o que aconteceu. Recém-reformada, hoje ela é zelada por toda a comunidade. Hoje, os moradores discutem qual nome colocar nela. Seu Antônio Alberto defende que seja o de Lourival Soares, numa homenagem ao fundador. Seria mais do que justo. 

segunda-feira, 9 de maio de 2016

“Pai Divino, em meu templo de silêncio, fiz um jardim para Ti, adornado com as flores de minha devoção.”
(Meditações Metafísicas)


domingo, 8 de maio de 2016

Feliz dia das Mães!!

PENSAMENTO ESPECIAL PARA O DIA DAS MÃES 

Na Índia gostamos de falar de Deus como Mãe Divina, porque uma verdadeira mãe é mais meiga e clemente do que um pai. A mãe é uma expressão do amor incondicional de Deus. As mães foram criadas por Deus para nos mostrar que Ele nos ama com ou sem motivo. Toda mulher é para mim uma representante da Mãe. Vejo a Mãe Cósmica em todas. O que eu acho mais admirável na mulher é o seu amor materno.

Paramahansa Yogananda, A Eterna Busca do Homem

Feliz dia das Mães para todas as nossas queridas leitoras, em especial para nossa mamis... Que é linda, maravilhosa e tudo de bom. Mamisss nós te amamos. 













sábado, 7 de maio de 2016

Vejam que lindo! Essa é uma das minhas músicas favoritas
Clair de Lune - Debussy

sexta-feira, 6 de maio de 2016

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Rodolfo Teofilo

No final do século XIX e começo do século XX, o Ceará conheceu um importante farmacêutico e escritor: Rodolfo Teófilo. O importante legado na literatura, na saúde pública e como político rendeu-lhe uma homenagem em forma de bairro.

“Faz uns 40 anos que passou a ser Rodolfo Teófilo”, afirma a aposentada Maria José Acário, 76. A mãe dela, dona Nazira, é que não aprovava a mudança. “Não conheço este homem. Aqui é Porangabuçu”, dizia ela inconformada. Até hoje, o antigo nome é lembrado através da lagoa, que preserva o nome Porangabuçu.

A história do bairro está muito ligada ao da sua igreja, a paróquia São Raimundo Nonato. Segundo o padre Brendan Callanan (batizado de padre Brandão pelo povo do bairro), a primeira capela foi construída nos anos 40. ”Foi feita quando eu era pequenininha”, relembra dona Maria José.

Paróquia São Raimundo Nonato

Em 1962, os padres redentoristas vindos da Irlanda chegaram ao Brasil. Alguns foram para o bairro e o local passou a ser uma paróquia. Entre os redentoristas que desembarcaram no País, estava padre Brendan, que também já trabalhou em outros estados nordestinos.

“Os redentoristas tiveram um papel importantíssimo para o crescimento deste bairro”, avalia Maria José. Eles fundaram três escolas na região: Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (hoje um Centro de Formação localizado em frente a igreja), São Raimundo e Colégio dos Redentoristas (atual sede da Guarda Municipal). “Meu filho e meus sobrinhos estudaram lá (no Redentorista)”, afirma dona Maria José, o que garantiu uma formação sólida aos meninos, já que eles “eram duros na educação”.

A aposentada Rosenira de Oliveira, 61, lembra com saudades dos tempos em que trabalhou na Escola Nossa Senhora do Perpétuo Socorro. “Trabalhei aqui por quase 20 anos. Era muito bom. Numa época dessa (final de ano), estaria muito animado”, conta. Dos quatro filhos dela, três filhas estudaram na escola.

Uma característica ressaltada pelos moradores é a preservação do hábito de sentar na calçada para conversar. “Para nós, (o Rodolfo Teófilo) está entranhado no espírito. É um bairro bom de se morar e relativamente calmo, face a outros bairros”, comenta Maria José.

quarta-feira, 4 de maio de 2016

A roda gira e o que estava em baixo vai para cima e o que estava no topo cava agora seu infortúnio. 
Assim, realmente não há nada de novo debaixo do sol. Somente as formas se alteram e se adaptam à humanidade onde quer que ela se encontre na sua peregrinação através do universo.
Desconhecido





terça-feira, 3 de maio de 2016

Mulher ao espelho

Cecília Meireles

Hoje que seja esta ou aquela,
pouco me importa.
Quero apenas parecer bela,
pois, seja qual for, estou morta.

Já fui loura, já fui morena,
já fui Margarida e Beatriz.
Já fui Maria e Madalena.
Só não pude ser como quis.

Que mal faz, esta cor fingida
do meu cabelo, e do meu rosto,
se tudo é tinta: o mundo, a vida,
o contentamento, o desgosto?



Por fora, serei como queira
a moda, que me vai matando.
Que me levem pele e caveira
ao nada, não me importa quando.

Mas quem viu, tão dilacerados,
olhos, braços e sonhos seus
e morreu pelos seus pecados,
falará com Deus.

Falará, coberta de luzes,
do alto penteado ao rubro artelho.
Porque uns expiram sobre cruzes,
outros, buscando-se no espelho.


domingo, 1 de maio de 2016

Escola de Meditação para Jovens em Fortaleza.

Uma super novidade no nosso grupo de Meditação começou sábado passado!!! Agora temos a ESCOLA DE MEDITAÇÃO PARA JOVENS do Grupo de Meditação de Fortaleza da SRF. 

Uhuuuu!!

O primeiro encontro foi um sucesso. A escola aceita ​jovens com idade a partir de ​13 anos, até ​18 anos. Não serão cobradas mensalidades nem taxas. Eu (Érika) vou participar como estudante/assistente/apoio/monitoria rsrsrs , pois eu mesma tenho 21 anos e estou fora da faixa. Mas como venho acompanhando os mesmos estudantes desde a Escola Dominical para Crianças, vou participar de todas as atividades, ajudar e orientar no que for necessário. É um projeto muito lindo, em que não haverão aulas expositivas, vão ser dinâmicas, atividades e projetos super legais.




Mas...o que será abordado na Escola para Jovens??

A Escola de Meditação para Jovens do Grupo de Meditação de Fortaleza utiliza como base pedagógica as orientações de Paramahansa Yogananda para uma vida equilibrada.

O conteúdo envolve a ciência do corpo para eficiência prática, engenharia mental, arte social e a ciência espiritual APLICADA. A execução do conteúdo é feita por meio de métodos práticos para fazer florescer nos estudantes princípios universais que governam a vida espiritual.

O esforço para compreender o propósito da vida, a valorização das boas companhias, o contentamento para ver e aceitar tudo alegremente, a busca pelo êxito equilibrado, o esforço de converter a verdade em experiência, a alegria do servir e o interesse para conhecer Deus como o mais próximo e querido dos amigos são tópicos sempre presentes em nossas aulas.

Por mim, como já faço parte do Grupo de Meditação há muito tempo e já fui assistente da Escola Dominical para Crianças, e afirmo sem medo que será um marco na vida de quem se interessar e participar da Escola de Jovens.

E como participar?

Os interessados devem comparecer nos segundos e quartos sábados do mês, de 15:00 às 16:00, na sede do Grupo de Meditação de Fortaleza, situada à Rua João Alves Albuquerque, 252 – Altos – Bairro Parque Manibura. Em caso de dúvida, enviar um e-mail para Fortaleza.SRF@gmail.com

Se você mora em Fortaleza, sinta-se superhipermega convidado a participar. Até este lagarto queria subir as paredes do prédio para poder participar do primeiro encontro.Nem precisava, era só se apresentar hahah








“Após um treinamento completo, os estudantes desse tipo de escola devem
fazer um contínuo exame introspectivo, durante a vida inteira;
​​os vários diplomas conquistados serão saúde,
prestígio, eficiência, riqueza e felicidade.”
Paramahansa Yogananda
Lealdade

A única forma de conquistar a salvação é ter completa lealdade a Deus. Este sonho da vida um dia será tirado de você; neste sonho, a única coisa real é o amor de Deus. Nada mais; tudo o mais são falsos sonhos. Afaste-se deles. A cada minuto eu vejo o quanto isso é necessário. Ele me atou às tarefas da SRF, e então eu digo a Ele: "Eu trabalharei apenas para Ti." Então eu me sinto dentro da Sua Suprema alegria.