sábado, 28 de setembro de 2013

Tradição nordestina

Missa do Vaqueiro em Canindé

Vaqueiros, cavalos, gibão, perneiras, chapéu, guarda peito, botas, luvas, esporas, chicote, coragem, fé, união e devoção a São Francisco das Chagas de Canindé, retratam a missa mais antiga do Brasil em homenagem a uma das figuras mais popular e devota do País, o vaqueiro.


  O evento religioso acontece todos os anos, no período da Festa de São Francisco das Chagas, a maior romaria franciscana das Américas. Eles  reverenciam  o santo dos pobres, dos humildes em uma procissão que percorre as ruas da cidade e depois uma missa campal celebrada no Alto do Moinho na Capela de São Pedro, bem ao lado da Estátua de São Francisco, a maior do mundo medindo 30 metros e 25 centímetros.



Vaqueiros de diversas regiões do País participam da celebração, que ressalta a religiosidade popular e as tradições do sertão.
Toda a liturgia é baseada na vida dos vaqueiros e sertanejos, que assistem à celebração montados em seus cavalos. Na hora do ofertório, os vaqueiros depositam no altar objetos do cotidiano e instrumentos usados na lida com os animais.

Todos os anos, na festa do padroeiro São Francisco, é prestada homenagem aos vaqueiros cearenses

A primeira Missa do Vaqueiro realizada em Canindé foi celebrada no dia 1º de outubro de 1970, no pátio da Basílica de São Francisco, pelo então vigário da época frei Lucas Dolle, organizado pelo poeta popular Raimundo Marreiro, do executivo Juarez Coutinho e da vaqueira (hoje Mestra da Cultura do Ceará) Dina Maria Martins.

A missa é uma forma de  homenagear  um dos santos mais populares do Nordeste e valorizar a tradição do ofício de vaqueiro.

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

O riso


        Uma boa gaitada contagia todo mundo. A crise de riso que chega a provocar cansaço. O coração acelera e o corpo todo se envolve no ato nada simples de rir. Aceite o convite, que faz um bem danado à saúde, e ria!

           Ele quebra o gelo, a tensão e contagia. Desperta a curiosidade, pode ser baixinho ou escandaloso. Não escolhe o momento para vir à tona. Pode surgir como resposta a um estímulo externo ou das lembranças e pensamentos que permeiam o dia. É desejado por muitos, mas cada vez mais escasso no cotidiano de tantos.



     Hahauahua. Hehehe. Kkkkkkk. Rsrsrs. As maneiras como damos aquela gargalhada ou como o riso faz parte da nossa vida são variadas, assim como os benefícios para a saúde física, emocional e social. O importante é rir.

     O riso, parceiro da alegria e do relaxamento, mexe com o corpo e com a autoestima, promovendo benefícios para quem o experiencia e ainda mais para quem o distribui por aí.


Você já riu hoje?

http://www.opovo.com.br

domingo, 22 de setembro de 2013

Viva a Vida

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

                                   Charles Chaplin


quinta-feira, 19 de setembro de 2013

O Poder das Palavras!

Olá amigos! Como vão?
              Estivemos um pouco afastadas do blog, mas voltamos e as postagens continuarão como uma locomotiva a vapor! Hehehe
              Bem, queremos mostrar este excelente vídeo, cuja mensagem é sobre o poder que emana das palavras, da forma como nos expressamos.  O que você, caro leitor, acha deste vídeo?

terça-feira, 17 de setembro de 2013