quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Charles Spencer Chaplin

Cineasta e ator inglês mais conhecido como Charles Chaplin, um dos maiores comediantes do cinema, nasceu em 06 de abril de 1889 e faleceu em 25 de dezembro de 1977. Filho de atores, ficou órfão de pai cedo e passou a infância em orfanatos. Em 1908 empregou-se em teatros de variedades e fez sucesso como mímico. Foi para os Estados Unidos (EUA) em 1913 e, um ano depois, começou a trabalhar em Holliywood. Em 1915 criou, na comédia, O Vagabundo, seu mais famoso personagem: o vagabundo Carlitos, de bengala, chapéu de coco e calças largas. Teve uma vida sentimental intensa - casou-se quatro vezes, as três primeiras com estrelas do cinema. Com 54 anos, conheceu a filha do teatrólogo irlandês Eugene O'Neill, Oona, de 18 anos, que se tornou sua quarta mulher e com quem viveu até o fim da vida.Perseguido pelo macarthismo, mudou-se em 1952 para Corsier-sur-Vevey, na Suiça. Durante a carreira, envolveu-se em mais de 60 filmes, como diretor e ator. Obra que marca seu apogeu é Em busca do ouro (1925), em que aparece a conhecida dança dos pães. Alguns de seus filmes são considerados obras-primas da cinematografia mundial, como O garoto (1921), ainda no tempo do cinema mudo. Depois do advento do cinema sonoro, realizou obras-primas como Luzes da cidade (1931), em que Carlitos se apaixona por uma florista cega; Tempos modernos (1936), que satiriza a mecanização da modernidade; e O grande ditador (1940), em que toma partido contra Hitler e contra as perseguições raciais na Europa.

Uma de suas frases



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!