quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Teatro Amazonas


Uma das 7 Maravilhas do Brasil

O Teatro Amazonas é um dos mais bonitos do mundo. Está localizado em frente a Praça São Sebastião, bem no coração da cidade, inaugurado em 1896. Construído pelos Barrões da Borracha numa época que o látex era a principal matéria prima da região. 
Em estilo eclético, com decoração fitomórfica e derivada do arte nouveau, é sinônimo de riqueza e luxo. 
Tímpano do teatro
Decoração do tímpano, concebida por Crispim do Amaral. As figuras em relevo simbolizam a Ópera e a Arquitetura. Ao fundo a cúpula.

Cúpula
Sua cúpula, segundo informações da Secretaria de Cultura do Amazonas é composta  por 36.000 (trinta e seis mil)  peças de escamas em cerâmica esmaltada e  telhas vitrificadas importadas da Europa, a cúpula forma um tipo de mosaico, nas cores verde, amarelo, azul e branco, que lembra a Bandeira do Brasil.
O Teatro possui 3 andares  e tem capacidade para 701 pessoas na platéia e nos camarotes. As poltronas são cobertas de tecido de veludo vermelho.

Platéia e Camarotes

Poltronas atuais

 .Teatro Amazonas
 Poltronas originais

Teatro Amazonas

Colunas
Nas colunas , mascaras gregas em homenagens a músicos e dramaturgos famosos.

Teatro Amazonas
Piso 
O piso do Salão Nobre todo de madeira, trabalhado com a técnica italiana e marchetaria, criado diversos desenhos, são peças montadas e encaixadas sem o auxílio de cola ou pregos.

Lustre do teto
Do centro pende um lustre que é todo feito em bronze francês e cristal italiano. Há um mecanismo que permite que o lustre desça ao nível do chão para sua limpeza e manutenção.

Teatro Amazonas
Teto
No teto, uma homenagem a Paris. A pintura oferece uma perspectiva de quem olha a Torre Eiffel de baixo para cima.

Salão Nobre
  O salão nobre, é utilizado somente para visitações. Local que era reservado aos Barões da Borracha durante os intervalos do espetáculo. É considerado a área mais luxuosa do teatro, foi decorado em estilo barroco.

Teatro Amazonas
Pintura do teto do Salão Nobre
Feita pelo artista italiano Domenico de Angelis, a pintura representa a Glorificação das Belas Artes no Amazonas, a dança, a pintura, a música e o teatro.

Pintura do Pano de Boca
 Na sala de espetáculos destaca-se a pintura de pano de boca do palco, pintado por Crispim do Amaral Representando o "Encontro das Águas" dos Rios Negro e Solimões, formando o gigantesco Rio Amazonas e mostra Yara, a mãe d'água e os deuses que representam o rio. Para evitar danos na pintura, o pano sobe inteiro para o teto, sem precisar ser enrolado.

Salão principal, Teatro Amazonas
Salão Principal
Local onde acontecem os espetáculos

 Pintura  alegórica e decorativa com grupos de cupidos sobre o fundo de ouro.

Curiosidade

Uma das curiosidades do teatro é o sistema de "ar condicionado" utilizado na época da inauguração. Para driblar o calor, foram instaladas "bolachas" de ferro sob as cadeiras, com pequenas aberturas por onde chegava o ar refrigerado por gelo trazido de Portugal. Tubos de ferro foram colocados estrategicamente sob o salão, que recebia o gelo. Grandes ventiladores na boca desses tubos tocavam o ar frio para o salão. Hoje, enormes aparelhos de ar condicionado fazem a refrigeração de seus ambientes.

Teatro Amazonas

Teatro Amazonas, simbolo da riqueza brasileira no final do século XIX.

Visite o teatro em imagens panorâmicas

3 comentários:

  1. Ola, so para dizer a marchetaria, nao franceza e sim italiana. Sou professo nessa tecnica. Parabens por divulgar coisas boas da minha terra.

    ResponderExcluir
  2. A imagem que mostra a pintura do pano de boca do palco não é do Teatro Amazonas e sim do Teatro da Paz, em Belém.

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!