sábado, 18 de junho de 2011

Vinhetas

1. Em geral o prestígio está na dependência do cargo ou da posição social, econômica ou política de cada um. Quando falta pouco tempo para o Juiz aposentar-se, sua influência social quase desaparece. Com o militar na reserva ou reformado dá-se o mesmo. De modo igual acontece com os governantes, nos últimos meses do mandato.
O evento relatado na carta da estimada leitora acha-se dentro de área semelhante. Em virtude do cargo de Chefa, você podia fazer favores, e por isso era cortejada. Agora os beneficiados lhe voltam as costas. Então homenageando o sucessor.
Há muitos anos, meu pai foi apresentado a uma exercente de cargo de manda na Secretaria da Fazenda: "Este é o Dr. José Eduardo Espíndola, Diretor da Recebedoria do Estado." A Chefa ergueu-se atenciosamente, estirou-lhe a mão e ficou em pé, sinal de apreço. Porém Espíndola, muito autêntico, esclareceu: "Diretor, mas aposentado." Foi o bastante para a senhora sentar-se de pronto, e dizer com desdenho: "Ah, bem, aposentado..." E  cortesia inicial foi-se ligeira.
Neste mundo cão, infelizmente o interesse é a regra das ações.
Contente-se. Viva com os próprios méritos. A gratidão é como cabelo na minha cabeça e na do Cel. Burlamaqui, dente na boca de velho ou dinheiro no bolso de pobre.

Publicado em 16 de novembro de 1985
Jornal O POVO                                         Itamar Espíndola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!