Selecione o idioma para traduzir os textos do blog.

domingo, 31 de dezembro de 2017

O que eu quero para vocês em 2018.

"Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança e sua canção.
Onde a dureza por vezes destrói, a suavidade consegue esculpir."

Rabindranath Tagore


Suavidade e doçura são cruciais para podermos encarar a nossa vida. 
Levar a vida com leveza, doçura e suavidade é um lema que devemos levar para sempre. 
Porque ter mau humor? Porque responder com aspereza? Porque ser rude? Porque se importar tanto com detalhes inúteis?

Que em 2018 possamos ver a vida de forma mais leve, sem levar tanto à sério as mágoas e as ofensas. Sem levar tanto a sério os fracassos e as perdas.

Mas levando a sério a si mesmo, para se reformar e se educar para ser feliz e ver o que há de bom por aí. 



Com amor, doçura e suavidade, 

Erika.

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017



"Aquele que não é um bom aprendiz não será um bom mestre".

Platão

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Lá no seu coração
Há algo que nunca muda,
Sempre uma parte de
Algo que nunca envelhece
Que está em seu coração.

(George Harrison)


Não se identifique pelos seus erros nem pelo que você acha que falta em você. Aquilo que há em seu coração nunca muda, é sua maior preciosidade e você deve valorizar aquilo o que tem.

terça-feira, 26 de dezembro de 2017



É com medo ou com amor que você enfrenta os seus desafios? 

Amor envolve entrega ao desconhecido e percepção de que não temos controle sobre tudo. Medo significa prisão à zona de conforto e resistência à mudança. As mais belas e intensas experiências são as que nos surpreendem. Não tenha medo, se prepare e enfrente o que pode vir pela frente. Não deixe de fazer coisas por medo de errar ou de fracassar.

Se você acha que a vida vai te derrotar, vai mesmo! Se você acha que vai derrotar as dificuldades da vida, sim, você com certeza vai conseguir!!

domingo, 24 de dezembro de 2017

Faça o bem aos outros!!!


Aqueles que gostam de falar dos defeitos alheios são abutres humanos. Já existe maldade demais no mundo. Não fale mal, não pense mal e não faça mal. Seja como a rosa, exalando para todos o doce aroma da bondade da alma. Faça todos sentirem que você é um amigo, que está pronto a ajudar, não a destruir. Se quiser ser bom, analise-se e desenvolva as virtudes que existem em você. Expulse a ideia de que o mal faz parte de sua natureza e ele se irá. Faça os outros sentirem que você é uma imagem de Deus, não pelas palavras, mas pelo comportamento. Enfatize a luz e não existirá mais escuridão. Estude, medite e faça o bem aos outros.

Paramahansa Yogananda. A Eterna Busca do Homem.



Linda foto de uma flor do meu quintal!!





sábado, 23 de dezembro de 2017

Volta ao blog :)

Oi genteee, estou de voltaa ao mundo de blogs. Estava afogada em tanto estresse e prova e relatório. 
Nessas provas tive uma percepção bem interessante de que nem sempre devemos nos preocupar de forma antecipada. 

Vejam só que aconteceu. Em uma das disciplinas que eu fiz, a última prova foi dificílima, era tão difícil que tinha que ser em dupla e podia ser pesquisada. Parece até que facilitava né, mas a complexidade era proporcional à ajuda que poderíamos ter. Adivinhem quantas questões? Uma, apenas uma, que dava a oportunidade de tirar um 10, um 5 ou zero. Eu e minha dupla nos esforçamos muito, muito mesmo e pelo que fizemos, acreditamos que tiraríamos uma ótima nota.

Porém, quando o professor divulgou as notas.... todos haviam tirado zero. Dá pra acreditar? No caso, com essa nota somada às outras,eu reprovaria mesmo. Chorei muito, pensei em todos os problemas que aconteceriam decorrente disso tudo e enfim, foi só lamentação. Porém, incentivada pela minha mãe e minha irmã, fui falar com professor para revisar minha nota, pois preferia tirar um cinco ao invés do zero. Mandei dois e-mails argumentando isso e pedi para ele revisar minha nota, obviamente com muita educação e respeito.

Eis que o professor responde:


" Oi Erika. Sua nota foi 10,0, junto com a sua colega. Já corrigi a tabela. Foi erro de digitação, era pra ter digitado 10,0 e o 1 não entrou, e quando fecho as notas não vejo o nome e aí não vi que tinha errado. Mas não se preocupe que agora está certo. Desculpe pelo susto. Parabéns e boas férias."


Oooooooh e vocês imaginam como eu fiquei né!!!

Nem sempre as coisas que acontecem na nossa vida são definitivas. Nem sempre aquilo que parece é. Depois disso, nunca mais vou me desesperar assim. O melhor método é parar, respirar e ficar tranquila e procurar um jeito de resolver o problema, pois para tudo há uma alternativa, talvez não a que nos desejávamos, porém sempre podemos encontrar um jeito para resolver. E vale a pena falar com seu professor se você achar que sua nota está errada kkkk

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017



Liberdade é pouco. O que desejo ainda não tem nome. — Sou pois um brinquedo a quem dão corda e que terminada esta não encontrará vida própria, mais profunda. Procurar tranquilamente admitir que talvez só a encontre se for buscá-la nas fontes pequenas. Ou senão morrerei de sede. Talvez não tenha sido feita para as águas puras e largas, mas para as pequenas e de fácil acesso. E talvez meu desejo de outra fonte, essa ânsia que me dá ao rosto um ar de quem caça para se alimentar, talvez essa ânsia seja uma ideia - e nada mais. Porém - os raros instantes que às vezes consigo de suficiência, de vida cega, de alegria tão intensa e tão serena como o canto de um órgão - esses instantes não provam que sou capaz de satisfazer minha busca e que esta é sede de todo o meu ser e não apenas uma ideia? Além do mais, a ideia é a verdade! grito-me. São raros os instantes.

Clarice Lispector, "Perto do Coração Selvagem".