segunda-feira, 3 de abril de 2017

Poema perdido

Poema perdido durante 158 anos, de Machado de Assis, publicado pelo escritor no jornal "A Pátria" quando tinha 19 anos. 

Sem título, o texto fala da arte: "Vem! penetra no templo das artes!/ Vem! que as portas te vamos abrir!/ Vem! que a glória te hasteia estandartes,/ E te enlaça os lauréis do porvir!".

Naquela época, os romances eram lançados por capítulos no jornal e no último capítulo se lançava a obra completa. Mas este poema não foi publicado. E quantos também não foram. No artigo que li do jornal, havia também um texto em que lamentava a morte de sua querida mãe.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2016/06/1785302-pesquisador-encontra-cronica-em-que-machado-de-assis-chora-morte-da-mae.shtml


4 comentários:

  1. Um belo poema...Muito bom ter sido encontrado.
    ]Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir
  2. É realmente fantástico!!!

    Bj
    http://asarteiricesdagracinha.blogspot.pt/
    https://ospetiscosdagracinha.blogspot.pt/
    https://mgpl1957.blogspot.pt/
    https://crocheteandomomentos.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Um poema com um elevado valor histórico e cultural!
    Excelente partilha, Érika!
    Beijinhos!
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!