sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Las Hilanderas, linda obra de Diego Velázque, de 1657!

Por muito tempo a cena retratada em Las Hilanderas foi tida como mulheres fiando em uma oficina. Entretanto, no ano de 1948, o historiador de arte Diego Angula sugeriu que a cena, na realidade, retrata a lenda grega de Arachne, que desafiou Atena para um concurso de tecelagem. Por ter ganhado a competição, Atena, enciumada, transformou Arachne em uma aranha.
No plano principal a deusa Atena apresenta-se em forma de velha, à esquerda. Arachne é a mulher à direita, de costas para o espectador, usando roupa branca, e conta com a ajuda de outras costureiras.


6 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Belo post divulgando cultura e bela arte em obra de Diego Velázquez. Parabéns!
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Belíssima obra! Uma excelente divulgação com uma fantástica explanação
    Beijos e um sábado feliz

    ResponderExcluir
  4. Uma bela postagem, aonde se pode aprender. Então o nome aracnídeos (Os aracnídeos são uma classe do filo dos artrópodes que inclui, dentre outros, aranhas, carrapatos, ácaros, opiliões e escorpiões, compreendendo mais de 60.000 espécies - by Wikipédia) vem, certamente do nome de Arachne, que foi transformada em aranha, por Atena.
    Adorei Érika! Beijinhos.

    ResponderExcluir
  5. Desconhecia a obra!... E adorei ficar a par da possível interpretação da mesma...
    Já aprendi algo por aqui... com esta incrível partilha... mais uma, aliás...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!