quarta-feira, 12 de outubro de 2016

...

Não passo de um punhado de argila,
Mas associei-me a uma rosa.
A virtude de minha companheira
Exerceu sobre mim sua influência,
Embora eu permaneça
A mesma argila que sempre fui.


Saad de Shiraz
Gulistan O Jardim das Rosas



3 comentários:

  1. Que lindo isso! Ótimo dia! beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Uma argila que necessita de mãos nobres para lapidarmo-nos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito...Gostei muito!
    Um abraço.
    Élys.

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!