terça-feira, 6 de setembro de 2016

Dharma...

Há alguns meses, este foi um dos assuntos discutidos na Escola de Jovens do Grupo de Meditação. Considero um tema valiosíssimo. Mas, você já ouviu falar em Dharma?

"Dharma” (ou darma), é uma palavra do idioma sânscrito que significa literalmente “aquilo que sustenta, que mantém“, mas é usado em significados mais amplos principalmente pelas escolas de sabedoria do Yoga e do Budismo. No Yoga, “Dharma” é a força régia da existência, a essência verdadeira do que existe, ou a própria Verdade, trazendo significados associados como a direção universal que baliza a vida humana ou o devir pessoal.



Dharma, de modo simples é o caminho que você deve seguir na vida. Nas mais diversas situações, temos sempre que tomar uma atitude que consideramos ser a melhor naquela situação.  Se você tem que estudar para a prova, porque um convite para assistir TV iria te atrapalhar? Se você tem que cuidar de algum familiar doente, porque fazer isso com descuido e má vontade? Por que roubar aquilo que não te pertence? Por que fofocar/difamar sobre a vida de alguém? E daí surgem os mais diversos exemplos para ilustrar o caminho correto que se deve seguir.

Por que devemos seguir o caminho correto?

Porque Deus quer que assim seja. Não é da vontade da Mãe Divina que seus filhos se autodestruam por cobiça, inveja, raiva e permissividade. Não é da vontade de Deus que as pessoas vivam em uma eterna disputa pelo poder e por tudo aquilo relacionado a ele. Deus quer que possamos desfrutar da sua bondade, do seu amor e chegamos a isso fazendo boas ações e escolhas.

O que devemos fazer para seguir o caminho correto?

Bem, as religiões e os grupos religiosos pregam ensinamentos e doutrinas que facilitam o bem viver com os outros e indicam quais as melhores atitudes tomar. Os livros sagrados, como a Bíblia e a Bagavad Gita nos orientam perfeitamente. Também deve-se seguir as leis e regras morais da sociedade. E se tivermos muita vontade, muita vontade mesmo de fazer o que é bom e o que é correto, as orientações corretas vão surgir. 

Lembre-se sempre que o bom pensamento, as boas ações sempre atraem boas coisas e que o mal é combatido com o bem.


Pensem nisso, beijos.

5 comentários:

  1. A lei de Deus não está escrita em pedras, tablas, pergaminhos ou papel, mas sim no coração de cada Homem! O erro é não ouvirmos o nosso coração...

    No fundo, e sendo eu uma pessoa religiosa tenho alguma pena em dizer isto, como diria Fernando Pessoa "Olha que as religiões não ensinam mais do que a confeitaria!"

    :)

    ResponderExcluir
  2. Um texto motivacional para o bem, em se viver com dignidade, apropriando-se de nossos deveres e direitos, para que possamos ter uma consciência tranquila. Há falta dessa dignidade na moral humana, infelizmente. Temos esperança de que se voltem para o lado bom da vida com respeito e fidelidade aos valores humanos.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Lindo isso, amei ler a saber o significado de Dharma!
    A Vida no bem, só o bem pode nos deixar leves e felizes!
    Ainda bem que não está tudo perdido! Acredito no bem e no bem vou vivendo, assim como você que compartilha coisas boas!
    Abraços apertados linda Érika!

    ResponderExcluir
  4. Lindo isso, amei ler a saber o significado de Dharma!
    A Vida no bem, só o bem pode nos deixar leves e felizes!
    Ainda bem que não está tudo perdido! Acredito no bem e no bem vou vivendo, assim como você que compartilha coisas boas!
    Abraços apertados linda Érika!

    ResponderExcluir
  5. E as previsões astrológicas sempre assentam no equilíbrio entre o Dharma e o Karma... duas forças antagónicas... que se completam...
    Os nossos caminhos... estarão escritos nas estrelas?... Talvez...
    Um post super interessante! Que adorei!
    Beijinhos
    Ana

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!