sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Bairro Vila união

Vila União: comunidade se inspirou no Universo para batizar o local


Dizem que o planeta Terra é apenas um grão de poeira, quando comparado à imensidão do universo. Talvez essa afirmação seja colocada em xeque, já que existe um lugar em Fortaleza onde cabe toda a nossa galáxia em uma área de, aproximadamente, 38 mil metros quadrados. É o Planalto Universo, um conjunto habitacional criado no bairro Vila União para receber famílias que viviam em áreas de risco, em especial as das comunidades da Maravilha e da lagoa do Opaia.

O local é um convite ao estudo da astronomia. Via Láctea - o “Caminho do Leite” - é a galáxia onde se encontra o nosso Sistema Solar. Ela possui um formato espiral e tem um diâmetro calculado em cem mil anos-luz. Já a “Via Láctea fortalezense” é reta, possui 500 metros de comprimento e, nela, habitam moradores um tanto quanto desconfiados, reticentes ao primeiro contato. Dava até a sensação de que éramos “alienígenas”.

O jeito foi seguir pela rua do Sol, um local mais familiar a nós, terráqueos. Como no nosso Sistema Solar, a rua liga todos os planetas: Mercúrio, Vênus, Terra, Marte e os planetas Júpiter, Saturno, Urano e Neturno (sic). Até Plutão, que não é mais considerado planeta, tem seu quinhão no Planalto Universo.



A presidente da Associação de Moradores do Planalto Universo, Maria Alvanir da Silva, 62 - mais conhecida como Catarina - diz que o nome da comunidade foi escolhido em eleição com os moradores. “Foi uma votação com vários nomes, para saber qual era o mais bonito. E a gente escolheu esse: Planalto Universo”, explica.

Saturno é o segundo maior planeta do Sistema Solar (atrás somente de Júpiter) e tem como principal característica a existência de anéis girando em sua órbita. É onde mora a aposentada Socorro Ribeiro, 66, que está no residencial há oito anos e faz parte de uma das famílias retiradas da lagoa do Opaia. “Lá, enchia tudo d’água quando chovia. Hoje, a morada está ótima”, afirma.

“Quando cheguei, senti um alívio grande em saber que não ia morar mais em área de risco. Gosto daqui porque é um lugar calmo, sem violência nenhuma. Gosto muito da minha moradia”, diz a dona de casa Nelice Ferreira, 53.

“Carandiru” não!

Quer ver os moradores ficarem “tiririca da vida”? Basta chamar o conjunto pelo nome informal: Carandiru. “Aqui é o Planalto Universo. Não é Carandiru. Não moro em presídio. Isso é coisa de gente que não valoriza o local onde mora”, reclama a catadora Maria de Fátima Albuquerque, 58, conhecida como Ronaldinha. O nome teria surgido pela fama de violência do lugar. Algo que não é confirmado nas rodas de conversas “interplanetárias” nas ruas e os habitantes de “todos os planetas” exercitando-se tranquilamente, ao fim do dia, no calçadão da rua do Sol. 

Pracinha de Nossa Senhora

A praça foi batizada pelos moradores do Planalto Universo e é cuidada pelos próprios moradores. “Nela, são realizadas missas e terços. Sou eu que cuido e a gente (moradores) pinta os bancos”, afirma Maria Alvanir da Silva (Catarina).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!