quarta-feira, 3 de agosto de 2016

AH! OS RELÓGIOS

Amigos, não consultem os relógios 
quando um dia eu me for de vossas vidas
em seus fúteis problemas tão perdidas 
que até parecem mais uns necrológios...


Porque o tempo é uma invenção da morte: 
não o conhece a vida - a verdadeira - 
em que basta um momento de poesia 
para nos dar a eternidade inteira.

Inteira, sim, porque essa vida eterna 
somente por si mesma é dividida:
não cabe, a cada qual, uma porção.


E os Anjos entreolham-se espantados 
quando alguém - ao voltar a si da vida - 
acaso lhes indaga que horas são...

Autor: Mário Quintana

7 comentários:

  1. "...Porque o tempo é uma invenção da morte." Só esta frase já teria valido a pena. Lindo, lindo demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mario Quintana sempre nos deixa assim, embevecidos!

      Excluir
  2. Lindíssimo, nossa, também concordo com a Ana, a frase diz tudo, o tempo é uma invenção da morte, quanto mais passa, mais nos aproxima dela, mas somente a morte física, pois a Vida é eterna e não há tempo nessa eternidade!
    Amei a escolha do texto, nos toca profundamente!
    Abraços lindas meninas!

    ResponderExcluir
  3. Belo texto, muito a si pensar...

    Indiquei vocês em uma postagem no meu blog, para responder uma tag, se puderem visitem!!!
    Um abraço!!! Paz e Luz!!!
    Anna Lírios em Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que demais! Será nossa primeira tag também! Aguarde!!

      Excluir
  4. Lindíssimo ....vim agradecer sua gentil visita. ...
    Um grande abraço!
    Ótima semana!

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!