domingo, 21 de agosto de 2016


A meditação pode parecer ser um dos mais difíceis hábitos de se formar, pois o iniciante está sujeito a muitos pensamentos ilusórios de como conseguir resultados rápidos. Os resultados da meditação vêm lentamente, mas seguros. Muitos iniciantes desejam alguma forma de “entretenimento” espiritual. Outros esperam que seus esforços sejam imediatamente recompensados com a manifestação de luzes celestiais, santos e divindades, mas esta expectativa é prematura! Visões reais vêm através de prolongados e estáveis progressos espirituais. Experiências prematuras de fenômenos são geralmente alucinações. Para evitar a intrusão de tais imagens falsas da mente subconsciente, é útil que se mantenha durante a meditação os olhos semiabertos e fixados firmemente no ponto entre as sobrancelhas, o local de concentração e percepção superconsciente. Acima de tudo, não ame ou deseje visões mais que Deus.


Paramahansa Yogananda, O Romance com Deus


4 comentários:

  1. Reflexão linda, intensa! beijos, ótimo domingo! chica

    ResponderExcluir
  2. Na meditação, acredito que não devemos nos ater as distrações do caminho, como você bem disse: "Acima de tudo, não ame ou deseje visões mais que Deus."
    Um grande Abraço Amiga!!!
    Paz e Luz!!!

    Anna Lírios em Letras

    ResponderExcluir
  3. Faz parte da minha vida - a meditação! Sustenta-me.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  4. Há umas três décadas atrás conheci a meditação e sempre fui "esporádica" com ela. Agora é que estou realmente me dedicando. É difícil para o iniciante; muitas são as distrações externas, nossos pensamentos e nossos desejos de resultados. Excelente essa reflexão que você nos trouxe.
    Aliás, você medita?
    Beijo!

    ResponderExcluir

Agradeço pelo seu comentário!