terça-feira, 7 de junho de 2016

Bairro José Walter

Não é novidade para ninguém que o Conjunto Prefeito José Walter é conhecido como o “bairro dos cornos”. Mas os moradores fazem questão de desmentir essa fama.

Nada melhor do que um bar para debater essa questão. No bar do Paçoca, um dos mais badalados do Zé Walter, o montador eletricista Francisco Viana, 52 anos, garante que o bairro não tem mais tantos cornos assim. “Os primeiros que chegaram aqui eram ‘tudo’ corno. Mas, hoje, a maioria foi embora. O bairro não é de ‘cornagem’”, garante Viana, que já fez até cálculos e chegou à conclusão de que o número de galhudos “caiu uns 93%”, o que deixaria o lugar na média do restante da cidade.


Não faltam hipóteses para a origem da fama. O dono do bar, Carlos Augusto (Paçoca), 50, lembra que, por ser um conjunto habitacional, no início, as casas eram iguais. E acontecia, uma vez ou outra, de o cidadão entrar no domicílio alheio. “Inclusive, teve um lance desse com o meu pai. Ele entrou na casa do vizinho e, quando notou a mulher diferente, disse: ‘Valha aqui não é minha casa, não’”. O povo maldoso é que via coisa onde não existia.

Outra causa apontada é o fato de o Zé Walter ser um bairro com muita mulher bonita. “Daqui já saíram três miss Ceará. Que outro bairro teve isso? Nenhum!”, conta orgulhoso Haroldo Torres, 50.

O aposentado João Pedro Vilarreal, 71, sentado em outro bar, narra história totalmente diferente: “A gente tinha um problema de transporte. O bairro era distante demais e tinha apenas uma linha da empresa Nossa Senhora de Fátima. E as pessoas diziam: ‘Isso aqui é lugar pra corno’”.

Há quem reclame que a fama foi espalhada pelo humorista Falcão, o que é negado categoricamente por ele: “O José Walter foi o primeiro conjunto habitacional (de Fortaleza) e ficava no meio do mato. Como era um bairro dormitório, os maridos iam trabalhar e as mulheres ficavam em casa. Daí vem a fama de bairro dos cornos, que é antiga, do final da década de 70. Eu ‘apenasmente’ comento o fato”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!