quinta-feira, 27 de junho de 2013

Santos juninos


 
Santo Antônio - 13 de junho

Santo Antônio é um dos nomes mais venerados e populares do Brasil. Conhecido como santo casamenteiro, em algumas culturas o venerável também é invocado para achar objetos perdidos.

Nascido em Portugal, em família de posses, Fernando de Bulhões - seu verdadeiro nome - teve infância tranquila; seus primeiros anos de vida foram passados entre Lisboa e Coimbra.

Dedicado aos estudos, o jovem dava grande atenção aos tratados teológicos e às escrituras sagradas. Inteligente, o futuro santo já tinha certa fama, seus conhecimentos gerais e religiosos eram muitos. Segundo relatos históricos, os amigos o apelidaram de "Arca do Testamento". Da Ordem Franciscana, chamava a atenção de seus contemporâneos por seu dom como pregador. Devoto da figura de Maria, Antônio tornou-se santo porque dedicou toda sua vida aos mais pobres e ao serviço de Deus.




São João - 24 de junho

 São João - mais tarde chamado "o Batista" - veio de uma cidade do reino de Judá. Filho do sacerdote Zacarias e de Isabel - que tinha parentesco com Maria, mãe de Jesus - João teria nascido sob circunstâncias sobrenaturais.

Segundo relato bíblico, Isabel era estéril e já idosa quando o anjo Gabriel anunciou a seu esposo a chegada de um filho. A criança deveria chamar-se João.

Depois do anúncio, Maria foi visitar Isabel. "E aconteceu que, ao ouvir Isabel a saudação de Maria, a criancinha saltou no seu ventre; e Isabel foi cheia do Espírito Santo", relata o livro de Lucas, versículo 41. 

A relevância de João Batista, para muitos, está no fato de ter sido uma espécie de precursor de Jesus, a voz que anunciou a chegada do Messias e o responsável pelo batizado de Cristo.




São Pedro - 29 de junho

Segundo a bíblia sagrada, antes de ser batizado, Pedro se chamava Simão e trabalhava como pescador. Um dia Jesus pediu sua barca para falar a uma multidão de pessoas, na Galileia. Após voltar, disse a Pedro que pescasse em mar mais profundo. Como Pedro acreditava nas palavras de Jesus, tentou uma nova pesca, sendo abençoado com uma grande quantidade de peixes.

Após o batismo seu nome foi trocado, escolhido por Jesus, como Kepha, de origem aramaica, que significa pedra, rocha. Traduzindo-o para o grego ou para o latim, temos petrus, o mesmo que Pedro.

Simão tinha o sonho de seguir os ensinamentos de Jesus, tornando-se um de seus apóstolos mais importantes. Ao fazer a escolha, Jesus disse: "És Pedro! E sobre esta rocha construirei minha Igreja".

Escolhido como o líder dos apóstolos, criou mais tarde a comunidade cristã de Roma, vindo a se tornar o primeiro papa da Igreja Católica.

Daí vem as crendices populares de que São Pedro ganhou as chaves do céu por ter sido escolhido como líder e, quando chove muito, dizemos que está lavando o céu. Ou ainda que para entrar no céu precisamos ganhar autorização de São Pedro.


 
                           São Paulo - 29 de junho
Durante o mês de junho, Santo Antônio, São João e São Pedro são homenageados com fogueiras, fogos, festas e muita música. No entanto, São Paulo, que também é celebrado no dia 29 de junho, juntamente com São Pedro, acabou ficando de fora das festividades do período junino.

O dia dos dois santos não é coincidência: Eles foram condenados à morte na mesma data, segundo o catolicismo. Há décadas, era comum que duas fogueiras fossem acesas no mesmo dia, para homenagear São Pedro e São Paulo, contudo, não se sabe ao certo o porque do segundo santo ter caído no esquecimento.

Muita gente não tem conhecimento da existência e importância de Paulo, mas, Segundo a igreja católica, ele teve grande contribuição em uma visão mais abrangente do cristianismo; outros apóstolos eram mais restritos aos judeus, enquanto Paulo abriu o pensamento para o paganismo.

Ainda segundo a igreja católica, a importância de Paulo é elementar para o desenvolvimento da fé cristã, portanto, não há argumento plausível para que o santo fosse, aos poucos, sendo deixado de lado.

São Paulo é o padroeiro da imprensa, dos autores, escritores e editoras, e também é conhecido como santo protetor de pessoas com surdez.

Fonte: http://www.reporterjunino.com.br

6 comentários:

  1. Homens que tiveram grande importância na expansão do cristianismo. Muita paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Denise!

      Além desses santos terem notória participação na expansão do cristianismo, eles tem grande importância na expansão do amor, da fraternidade e da devoção.

      Excluir
  2. Ótima post sobre os Santos juninos, muito bom!
    Desejo uma semana de muita paz a vocês... Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leonice, tudo bom??

      Obrigada por ter nos visitado! Ótima semana para você!!

      Excluir
  3. Olá meninas:
    Passei pra avisar que tem uma TAG esperando por vocês, lá no meu blog.
    Já faz um tempão que estou tentando indicar vocês para as Tag´s que recebo, mas não conseguia achar o blog, rsrsrsrsr.
    Pois quando eu clico nos meus amigos virtuais, o endereço do blog de vocês NÃO aparece.
    Mas agora que encontrei o caminho, posso continuar a indicar vocês.
    Segue o link da TAG:
    http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/2013/07/12-livros-em-12-meses.html
    Caso vocês queiram participar das outras Tag´s que tenho no meu blog, me avisem, que eu repasso pra vocês, ok.
    Bjs.:
    Sil

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvana, tudo bom?

      Estamos muito lisonjeadas em nosso blog ser indicado por você! Seus textos são realmente muito bons,parabéns!

      Nós queremos sim participar das outras TAG's.

      Boa semana e tudo de bom!!

      Excluir

Agradeço pelo seu comentário!