sexta-feira, 24 de maio de 2013

Que tal um cafezinho?

Um dos mais eficientes antidepressivos, forte de inúmeros minerais, o café vem ganhando a simpatia da medicina nos últimos anos. Alguns estudiosos acreditam na sua contribuição para a prevenção de uma série de doença, como Parkinson.

A bebida queridinha dos brasileiros também faz movimentar a economia. Somos os maiores  produtores  mundiais  de grãos de café, e estamos prestes a nos tornar seus maiores consumidores.

 Segredos de um bom café


1. O uso do coador de pano é mais indicado que o de papel. O primeiro preserva os óleos essenciais da bebida, que dão um sabor legítimo ao café.

2. A limpeza do coador de pano deve ser feita apenas com água, a fim de retirar os resíduos. Guarde-o somente na geladeira ou no freezer. Para utilizar o pano novamente, basta enxaguá-lo com água quente.

3. Não armazenar o pó do café na geladeira ou no freezer. Além de não haver necessidade, o aroma de outros produtos pode passar para o café e comprometer o sabor da bebida. Guarde-o em lugares arejados e armazene-o, preferencialmente, em pote escuro a fim de preservar suas características e qualidades.

4. A água para fazer o café não precisa estar fervente, basta aquecê-la e despejá-la no coador.

5. A primeira xícara de café deve ser ingerida na primeira hora após o despertar. Este café pode ser misturado com leite para aumentar o teor nutritivo da bebida, aspecto importante para crianças e adolescentes.

6. Se possível, aprecie o café sem açúcar. Assim, o sabor original do café se mantém mais fiel.

7. Após preparado o café, deve-se consumi-lo imediatamente. Se for preparar gelado, faça de modo rápido também, nunca use café 'velho', que sobrou na garrafa.

8. Para combinar sabores, lembre-se de que o café é um produto naturalmente amargo e forte. Cacau, canela, leite, gengibre, laranja, menta são boas e populares combinações.

9. A dose máxima diária de café para uma pessoa adulta e saudável é de meio litro de café, ou seja, cinco xícaras de 100ml, sempre divididas durante o dia, em intervalos de pelo menos duas horas.

Fonte: Revista Costumes.

6 comentários:

  1. Sou fã de um bom café... Gostei de suas dicas. Preciosas!
    Bjs. Célia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós também somos fãs de um cafezinho! Yummy! Bem quentinho e feito na hora no café da manhã!

      Beijinhos das meninas!

      Excluir
  2. Que maravilha de post!

    Vou até pegar um cafezinho!

    Adoro café fresquinho e forte!

    Bjs e ótimo domingo

    Donetzka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Café fresquinho e forte! Não há nada melhor!

      Beijos das meninas!

      Excluir
  3. Desde criancinha fui acostumado no café (como a mairia dos brasileiros), tomava café quente, frio ou gelado. Dos anos 90 pra cá, acostumei a tomar café somente na empresa: O cafezinho é uma instituição social. Depois que aposentei não bebo café (faz uns cinco anos). Mas o melhor do café não é o sabor: É o aroma! Se pudéssemos beber o aroma, estaria tomando café até hoje.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tesco!

      Concordamos, o aroma é o melhor do café. É muito agradável entrar em uma cafeteria e sentir o delicioso aroma. Há também alguns bombons de café que satisfazem nosso olfato. Ih, mas café gelado não é muito bom não, hihi. Mas gosto é gosto e não se discute, não é verdade?

      Abraços das meninas!

      Excluir

Agradeço pelo seu comentário!