domingo, 19 de agosto de 2012

Cidade do Ceará

Solonópole
Da fazenda Umari, situada numa queda d'água, formada no leito por onde correm as águas do Riacho do Sangue nasceu o município. Por isso sua primeira denominação era Cachoeira do Riacho do Sangue e depois apenas Cachoeira.
Suas origens datam século XVIII, quando foram distribuídas as primeiras Sesmarias. Figuram no rol dos pioneiros Manoel Pinheiro do Lago, cognominado o Abraão do Jaguaribe, considerando-se a proliferação de carácter familiar.
Solonópole é terra de lendas, de histórias interessantes e tradições revividas por seu povo. As primeiras manifestações eclesiais tem como precedente o lendário crucifixo e sua substituição por um cruzeiro de madeira, marco indicativo do local.
Em data posterior e historicamente não referenciadas, Simeão Correia Lima Pinheiro, doou parte de suas terras, localizadas no sítio Cachoeira, no sentido de formar o patrimônio de uma  respectiva capela. O Padroeiro e ainda sob o efeito remissivo, constou como sendo o Senhor Bom Jesus Aparecido. A Igreja-Matriz, é resultante da primitiva capela.
Há mais de uma versão sobre o nome Riacho do Sangue e uma delas é a luta entre duas famílias pelo domínio da terra, tingindo de sangue as águas do rio, nas proximidades do lugar chamado Alto da Batalha, abaixo da cidade, ainda existente; a outra é de um luta entre índios, no lugar chamado Logradouro. Depois de idas e vindas (várias leis e decretos elevaram e rebaixaram foros de cidade), em 20 de dezembro de 1943, Cachoeira passou a se denominar Solonópole, que significa Cidade de Solon, em homenagem a  Manoel Solon Rodrigues Pinheiro, advogado, jornalista e professor nascido no município.

Gentílico - solonopolense

Localização
Localização de Solonópole

Veja no site: http://www.ceara-turismo.com/mapas/mapa-politico.htm a localização da cidade.

FONTE: Site da prefeitura da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!