sexta-feira, 18 de maio de 2012

Cidade do Ceará


Limoeiro do Norte
A escolha do nome Limoeiro não é consenso da memória local. A história oficial diz que o título vem da existência de uma frondosa árvore que crescia ao lado da atual Igreja Matriz. Acreditando-se ter sido essa árvore plantada por índios da tribo Paiacu que viviam às margens do Rio Jaguaribe. A árvore teria dado nome a fazenda de Antônio Rodrigues, em seguida passou a Vila do Limoeiro e décadas depois, a município de Limoeiro do Norte.
O povoamento de Limoeiro do Norte teve início em 1687, com a vinda do Sargento-Mor João de Souza Vasconcelos  do sertão de São Francisco para a ribeira do Jaguaribe, onde, depois de constantes lutas com índios Paiacus, se estabeleceu no sítio São João das Vargens, que em breve se tornou arraial.
Iniciada a construção, em terras de Bonifácio José Carneiro e Joaquim da Costa Barros, adquiridas do Padre Vicente e seus irmãos, a capela foi concluída em 1845, período do início do povoado.
Algum tempo depois, essas e outras terras foram ocupadas por imigrantes provenientes dos estados do Rio Grande do Norte, Paraíba e Pernambuco, formando novos redutos. Estes foram elevados a povoados, dos quais se destacaram os de Limoeiro e "Tabuleiro de Areia", que depois viria a ser a atual Tabuleiro do Norte.
 A emancipação política de Limoeiro do Norte ocorreu em  30 de agosto de 1897. Limoeiro foi uma das primeiras vilas cearenses a transformar-se em idade, após a Proclamação de República.

Gentílico - limoeirense

Localização
Localização de Limoeiro do Norte

Veja no site: http://www.ceara-turismo.com/mapas/mapa-politico.htm a localização da cidade.

FONTE: Sites da prefeitura da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!