sábado, 14 de abril de 2012

Cidade do Ceará


Ararendá
0
Chamou-se inicialmente Canabrava e Canabrava dos Mourões, criado pelo Decreto-lei n°448, de 20 de dezembro de 1938, substituído o nome pelo atual do Decreto-lei n.° 1114, de 30 de dezembro de 1943, relembrando o nome de uma aldeia de índios Tabajaras, quase no pé da serra de Ibiapaba, onde foram hospedados os jesuítas missionários Francisco Pinto e Luis Figueira.
 Canabrava era o nome do sitio no sopé da Ibiapaba, comprado pelo capitão-mor Antonio de Barros Galvão, um dos potentados do Ipu na primeira década do século passado. Aí situou-se seu genro Sebastião Ribeiro de Melo, filho de José Ribeiro de Melo e Maria Coelho Franco, origem da família dos Mourões e dos Melos, famosas na comarca criminal de Crateús, Serra Grande e vizinhanças, no século passado.
 A capela local tem como padroeiro São Vicente de Paulo, do bispado de Crateús. O nome da Taba era Ararena, que o capuchinho francês Claude de Abbeville grafou Ararendá, que prevaleceu. Ararena, segundo Paulino Nogueira, e no trabalho do padre Francisco Pinto, seria corrutela de Irarana - de ira mel e rana falso, parecido com.
Origem do topônimo:  palavra indígena composta de ARARA mais NDA (lugar) significando “lugar das Araras”.
A elevação à categoria de município ocorreu em 05 de setembro de 1963, suprimindo antes de sua instalação em 14 de dezembro de 1965. sua restauração, com nome atual, ocorreu em 1990.

Gentílico - ararendaense

Localização
Localização de Ararendá

Veja no site: http://www.ceara-turismo.com/mapas/mapa-politico.htm a localização da cidade.

FONTE: Site da prefeitura da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!