segunda-feira, 30 de abril de 2012

Cidade do Ceará

Icó
Icó-CE
A cidade de Icó foi a terceira vila instalada no Ceará e possui um sítio arquitetônico datado do século XVIII.
Sua denominação original era "Arraial do Poço", depois "Povoação do Salgado", "Arraial da Senhora do O", "Arraial Velho", "Ribeira dos Icós", "Arraial da Ribeira dos Icós", Icós" e, desde 1860, "Icó".
As terras entre as serras do Cafundó, Camará e às margens do rio Salgado eram habitadas por diversas etnias tapuias, entre elas, os icó os icozinho, janduí e os quixelô.
A colonização das terras de Icó data do final do século XVII e início do século XVIII. Os primeiros colonizadores a cidade eram conhecidos como "os homens do (rio) São Francisco", que faziam parte de uma das frente de ocupação do território cearense, a do "sertão-de-dentro", dominada pelos baianos, que serviu para tentar ocupar todo o interior cearense.
A entrada de Bartolomeu Nabo de Correia, e mais pessoas, chegou em  em 1683 e deu à povoação conhecida como "Arraial dos Icós", a sua primeira fase. Numa segunda fase, famílias se instalaram através das sesmarias e assim surgiram dois povoados às margens do rio Salgado: o "Icó de Baixo" e o "Icó de Cima". Ambos, povoados pelos membros das famílias Fonseca e Monte, respectivamente. Devido às constantes inundações, o povoado que prevaleceu foi o "Icó de Cima". Tanto na fase de descobrimento quanto na de assentamento, os conflitos com os indígenas foram constantes, até que a igreja católica interveio e conseguiu um tipo de pacificação.
A povoação foi elevada a vila em 1738, a terceira vila do Ceará, logo depois Aquiraz e Fortaleza. Em 1842, obteve a categoria de cidade. Devido  sua importância econômica, Icó foi uma das cidades que tiveram projetos urbanísticos planejados na corte Lisboa.
Na primeira metade do século XX, Icó volta a ter importância devido ao projeto de combate às secas com o Açude Lima Campos e a BR-116.
O topônimo Icó pode ser uma alusão a: uma palavra da língua tapuia, onde i (água) + kó (roça), tornando água ou rio da roça; uma das tribos que habitava  às margens do rio Salgado, denominada ikó; uma planta que poderia ter existido em abundância n região, o icozeiro, da família das caparidáceas (Capparis yco), cujo fruto e o icó.

Gentílico - icoense

Localização
Localização de Icó

Veja no site: http://www.ceara-turismo.com/mapas/mapa-politico.htm a localização da cidade.

FONTE: Site da prefeitura da cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!