quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

A Cultura da Região Nordeste

Share it Please
A cultura nordestina é bastante particular e típica, apesar de extremamente variada. Sua base é luso-brasileira, com grandes influências africanas, em especial na costa de Pernambuco à Bahia e no Maranhão, e ameríndias, em especial no sertão semiárido.
A riqueza cultural dessa região é visível para além de suas manifestações folclóricas e populares. A literatura nordestina tem dado contribuições para o cenário  literário brasileiro, destacando-se nomes como Jorge Amado, José de Alencar, Manuel Bandeira, Rachel de Queiroz, Graciliano Ramos, dentre muitos outros.

                                Jorge Amado

                                           José de Alencar

                                              Manuel Bandeira

                                            Rachel de Queiroz

                                 Graciliano Ramos

Na literatura, podem-se citar a literatura popular de cordel, que remonta ao período colonial, (a literatura de cordel veio com os portugueses e tem origem na Idade Média europeia) e numerosas manifestações artísticas de cunho popular que se manifestam oralmente, tais como: os cantores de repentes e de embolada. No Ceará, Patativa do Assaré surpreendeu por seus versos que seguiam formas metrificadas semelhantes aos versos de Camões.

                                         Patativa do Assaré

                                      Livreto de Cordel

A cultura da região é também um atrativo para o turista. Todos os estados têm tradições diferentes. Olinda, no Estado de Pernambuco, apresenta vestígios do Brasil Neerlandês (Nova Holanda); São Luís, no Estado do Maranhão, apresenta características com a França Equinocial. Salvador, no Estado da Bahia, traz os monumentos da sede politico-administrativa do Brasil Colonial; e Porto Seguro e Santa Cruz de Cabrália, também no Estado da Bahia, revela, por meio de monumento, a chegada das esquadras do Descobrimento do Brasil.

2 comentários: