sábado, 27 de agosto de 2011

Egito

As pirâmides de Gizé
Pirâmides de Gizé e Esfinge
As pirâmides foram construídas numa época em que os faraós exerciam máximo poder político, social e econômico no Egito Antigo. Quanto maior a pirâmide, maior seu poder e glória. Por isso, os faraós se preocupavam com a grandeza destas construções. Para serem finalizadas, demoravam, muitas vezes, mais de 20 anos. Desta forma, ainda em vida, o faraó começava a planejar e executar a construção da pirâmide.
Como puderam alinhar tão perfeitamente milhares de blocos, extremamente pesado e de diferentes formatos de maneira tão perfeita? 

A matemática foi muito empregada na construção das pirâmides. As pedras eram cortadas e encaixadas de forma perfeita. Seus quatro lados eram desenhados e construídos de forma simétrica, fatores que explicam a preservação delas até os dias atuais.
Ao encontrarem as pirâmides, os arqueólogos se depararam com muitas informações do Egito Antigo. Elas possuem inscrições hieroglíficas, contando a vida do faraó ou trazendo orações para que os deuses soubessem dos feitos realizados pelo governante. 

           Conhecendo as pirâmides


Pirâmide de Queóps - Uma das 7 Maravilhas do Mundo Antigo

A Pirâmide de Quéops ou a Grande Pirâmide. É a maior das três pirâmides de Gizé: sua altura original era de 146,60 metros, mas atualmente é de 137,16m, pois falta parte do seu topo e o revestimento. Para sua realização, estima-se  ter necessitado de uma força de trabalho de cerca de 100 mil pessoas ao longo de 20 anos. A pirâmide de Quéops sobressai como uma das mais espetaculares da história da arquitetura.
  
                               Pirâmide de Quéops

A Pirâmide de Quéfren dá a impressão de ser a maior por causa do desnível do solo, mas na verdade ela é a segunda maior. Quéfren era filho do temido faraó Quéops. Próximo onde foi erguida a pirâmide de Quéfren havia um conjunto rochoso, que foi aproveitado para que nele se esculpisse a famosa Esfinge, monumento que representa o faraó sentado em seu trono.
Pirâmide de Quéfren

A menor Pirâmide da  necrópole: Miquerinos. Filho de Quéfren, o faraó teve um reinado creditado como justo. A grande abertura na parte norte da pirâmide , foi  uma tentativa de demolição das construções comandadas por Malek Abd al-Aziz ben Othman ben Yusuf, filho do grande sultão Saladino. Conseguiram apenas remover algumas pedras , causando um desmoronamento.
Pirâmide Miquerinos

As pirâmides  exercem  enorme fascínio, os  motivos são muitos, desde o fato delas  terem resistido a tantos anos até a sua construção perfeita, sendo que entre os blocos de pedra não se consegue introduzir sequer uma folha de papel , tamanha é a sua sobreposição. 

Fonte:
http://www.infoescola.com

3 comentários:

Agradeço pelo seu comentário!