domingo, 28 de agosto de 2011

Cora Coralina

Nascida em Villa Boa de Goyaz, hoje cidade de Goiás, em 1889, desde muito jovem Ana Lins dos Guimarães Peixoto Bretas, a Cora Coralina, demonstrou habilidade literária. Mas foi somente aos 75 anos de idade que publicou seu primeiro livro Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais. Persistente e lutadora, Cora alistou-se como enfermeira durante a Revolução Constitucionalista de 1932, em São Paulo, e depois tentou formar um partido político feminino, convencida da necessidade da participação da mulher na vida política do país. Não obteve sucesso e voltou à sua cidade, indo morar no mesmo casarão onde nasceu, lá permaneceu até falecer, 10 de abril de 1985. 
O casarão, "A Velha Casa da Ponte", construído por escravos na década de 1770 e local onde nasceu e morreu a poetisa foi transformada, em 1989, na Casa Cora Coralina, um museu que abriga os manuscritos, objetos pessoais e móveis que ajudam a contar a história de Cora Coralina.
No quarto de Cora Coralina é possível ver até seus vestidos pendurados na parede.

Ficheiro:Coracoralina.jpg


Fonte: Vários Autores, Escola viva: programa de pesquisa e apoio escolar o tesouro do estudante:
- 1ª ed. - São Paulo: Meca, 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!