sábado, 25 de junho de 2011

Vinhetas

1. "Um lobo achou uma galinha, e resolveu matá-la. Comendo-a apressadamente, atravessou-se-lhe um osso na garganta. Vendo uma cegonha, rogou-lhe extraísse o corpo estranho, sob a promessa de dar boa compensação à 'doutora'.
Executando o trabalho, a cegonha cobrou o prometido. Mas o lobo respondeu: 'O favor a ti foi muito maior em relação ao feito a mim. Poderia haver-te cortado o pescoço quando estavas com ele em minha boca, porém não te quis matar. Fica um obséquio pelo outro.' "
A história demonstra não se dever esperar benefício prestado.
Às vezes a ingratidão seca a fonte da piedade, se a pessoa não tiver o espírito de Cristo.

Publicado em 16 de novembro de 1985
Jornal O POVO                                       Itamar Espíndola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!