sábado, 5 de março de 2011

Vinhetas


         1. REGRAS PARA BEM SERVIR. Gosto de reler o Eclesiástico. No texto grego, seu título é Sabedoria de Jesus, filho de Sirac. Na Igreja latina, tomou o nome de Eclesiástico, ou Livro da Igreja, porque era usado para instruir os fiéis.

Vejam-se algumas normas ali contidas, cheias de sabedoria: 1) Na dor, permanece firme, na humilhação tem paciência, pois pelo fogo são experimentados o ouro e a prata... e põe tua confiança em Deus e ele te salvará. 2) Quem ama o perigo nele perecerá. 3) Escuta com doçura, a fim de compreender. 4) Se tiveres inteligência, responde a outrem, senão põe a mão sobre a tua boca, para não seres surpreendido a dizer  palavra indiscreta e venhas a te envergonhar dela. 5) A honra e a consideração acompanham a linguagem do sábio, mas a língua imprudente é a sua própria ruína. 6) Uma boa palavra multiplica os amigos e apazigua os inimigos. 7) Dá-te bem com muitos, mas escolhe para conselheiro um entre mil. 8) O amigo fiel é poderosa proteção; quem o achou, descobriu um tesouro. 9) Não descuides de orar e dar esmola. 10) Não tenhas desavença com grande falador e não amontoes lenha em sua fogueira. 11) Não prestes fiança a outrem além de tuas  posses. 12) Não lances os olhos sobre mulher leviana, a fim de não caíres em suas ciladas. 13) Mulher entregue à devassidão é como esterco pisado na estrada. 14)  Amar o dinheiro é iniquidade; quem o ama chega até  a vender sua alma. 15) Não censures ninguém antes de estares bem informado, e, quando informado, repreende com equidade; nada respondas antes de ter ouvido, não interrompas ninguém no meio de sua conversa.
         2. UM PSICÓTICO ficava deitado de barriga pra cima, cantando. Os companheiros ouviam-no. Dois deles resolveram virá-lo de barriga pra baixo, e ele passou a cantar outra música. Quando terminou a canção, um colega comentou:
         - Gostei mais o lado A.    
                                                                        
Publicado em: 20 de agosto de 1983  
Jornal O POVO                            Itamar Espíndola                                                                                                                                                                                                                

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradeço pelo seu comentário!